Mensagem de Ano Novo! Atrasada...


Não se avizinham tempos fáceis. É sob este prisma que todos, com mais ou menos igualdade, vamos entrando em 2011. Mas é precisamente aí que reside a minha mensagem de ano novo.
Assistir à continuidade de um estado de coisas em que qualquer mudança só parece poder ser negativa é admitir uma vida menos vivida, é abstermo-nos da nossa capacidade de mudar o que nos rodeia. É, enfim, anular todo o poder de mutação que cada um tem em si. E assim sobrevivemos, definhando, a mais um ano pintado em sombras cinza...
Por outro lado, esperar do próximo ano um sem número de realizações é pedir muito a um desconhecido que não as pode dar mas que dele e nele podem brotar. ´
A felicidade é uma construção que não se faz de correrias atrás do vento. Faz-se de força, determinação e focos. Tudo combinado trará a sorte por acréscimo...
Façam deste ano tudo o que certamente conseguem fazer quando sonham. Vejam em cada lágrima as mil e uma razões que existem para a secar e... sorrir.

Mil e uma desculpas pelo atraso.
Quanto ao texto anterior, não o consigo terminar... A poesia não surge quando se quer...


3 comentários:

pinguim disse...

E atrasados vão também os votos de um Bom Ano para ti.

Malinha viajante disse...

Um óptimo ano para ti, tudo de bom!
;)
Grande beijinho*

Zoninho disse...

pois não, os tempos não serão fáceis... também te desejo as maiores felicidades para este ano, mas, para já, quero mesmo é desejar-te um excelente dia! muitos parabéns!

abraços