Tenho que aprender...



...a não me esquecer de estar mais vezes com as pessoas de quem gosto. Porque a distância pode não desfazer laços mas poeira-os, roubando-lhes a sua cor tão característica, tão original.

...a dizer "não". E isto vai além do horizonte da simplicidade: um dar constante traz um trago amargo no beijo de regresso. O sorriso do outro nem sempre poderá colmatar a falta do nosso.

...a ser mais reservado nas possíveis amizades. Só o tempo faz cair máscaras e da surpresa nem sempre brotam rosas.

...a ter mais fé. Isto num sentido muito mais agnóstico e pessoal. Porque retirar esse elo, esta mundo terá uma corrente bem mais confusa e difícil, quase como um emaranhado do nós que nos prende de avançar.

...a ser mais persistente. Um dia aquele livro terá de ser acabado. Assim como o curso.

...a rir mais. É o melhor remédio!!!

4 comentários:

pinguim disse...

Óptimas as propostas!!!
Agora vai começando a concretizá-las e vais ver que não é assim tão difícil.

LP disse...

Desde que haja vontade... Parece-me tudinho possível! =D

im disse...

Aprender essa é uma das grandes odisseias da vida! Aprender sempre...

Temos lá no Paraíso um mimo para ti...passas lá para o agarrar?

Beijinhos

Minhoca disse...

isso é coisa para a vida toda :) tens tempo para aprender isso tudo :)