Grammy 2009 - Nomeações: Uma perspectiva diferente

A cerimónia de entrega dos Grammy ocorre na noite do próximo domingo. É verdade. Depois de várias semanas a pensar que a lista de nomeados este ano era uma piada de mau gosto e depois de uma terapia intensiva para esquecer a alucinação que foi a cerimónia de revelação dos nomeados, descubro que o pesadelo é mesmo realidade...
Os Grammy deste ano não esperaram pela entrega de prémios para fazer polémica. Primeiro foi o valente coice ao Chris Brown (talvez o maior acto comercial do ano). O miúdo-promessa que encantou as rádios com "With you" e umas quantas colaborações interessantes acabou com uma ou outra nomeação com musicas desconhecidas (claro que vai ganhar!) e afastado das categorias gerais. Há também o gritante bilhete de ida a Mariah Carey, que sofreu os efeitos secundários por ter ultrapassado Elvis Presley e por ter optado por uma maior nudez - a que a própria chamou paródia (?). Mas pronto, lá consolaram a Diva com uma nomeação em Gospel (hallo???) que, considerando serem 12 as pré-nomeações e Pop o reportório da artista, certamente terá feito voar o pequeno Jack (o seu cão) e uns quantos pratos... Mesmo porque para melhor interpretação Pop o seu "Bye bye" foi substutuido por "I kissed a girl" ou "So What". De resto, a maior afronta dos grammy.
Mas não se esqueça a Alicia Keys. A menina-fetiche dos grammy deve-se ter portado muito mal porque depois de anunciada como grande favorita ao grammy de Álbum do Ano (o mais desejado!) acabou por nem ser nomeada na categoria. E pronto, lá nos teremos que resignar quando virmos a insossa da Alison Krauss levar o prémio. Não conhecem? Ui! A miúda é uma (pseudo-)lenda: tem mais grammys do que qualquer outra cantora embora poucos saibamos sequer pronunciar o nome. Ah! Canta como um passarinho (embora não nas melhores condições de vida) e vem do Bluegrass (nome que lhe assenta como uma luva quando traduzido à letra) que é um estilo (juro!) que todos conhecemos! Um estilo (é mesmo, a sério...) que entra pelas nossas casas tão rápido como, certamente, sai.
Quanto a Beyoncé, nada melhor do que uma nomeação com uma música de há 6 anos atrás. Mas agora em versão Live, que, claro está, muda tudo. Também, após a cómica actuação do ano passado em que apelidou Tina Turner de "Queen" com Aretha Franklin na primeira fila para depois calcar a "private dancer" em plena actuação, não esperasse a Beyonce grandes mordomias... Até porque a própria Aretha, com o olhar visivelmente calmo (ou não...), só fazia temer que a qualquer momento soltasse a verdadeira "Queen" e saltasse do banco para exigir algum "R-E-S-P-E-C-T" à lei da estalada. E pobre Beyonce: ou corria bem, ou o figurão da Aretha faria dela manto real com áudio incorporado.
Os Grammy deste ano prometem ser, segundo as palavras do seu director executivo, "uma festa que junta os mais ecléticos actos na musica mainstream do ano". Mas aí reparamos que os Jonas Brothers estão nomeados para maior revelação e ficamos divididos: estará o senhor a usar de sarcasmo ou a passar por uma depressão? Ou talvez os miúdos lhe tenham dado uma oferenda jeitosa e, quem sabe, o senhor não tenha acabado a cantar "Touch my body!"...

12 comentários:

XS disse...

Este ano é a pobreza, mesmo!
Mas acaba sempre por valer a pena ver!

Beijinhos :)

najla disse...

Bem...o que eu aprendo com este rapaz!

Beijinho

Anjo De Cor disse...

Estava a zero ... e fiquei super informada graças a ti ;)

Beijinho

Alguém disse...

Desilusão? Este ano está mesmo fraco! Fraco é a palavra... Enfim :)

beijinho

Ana Jorge disse...

Sim senhor! Q grande análise ;)

beijinho

Isa disse...

Vá lá ao meu cantinho, buscar todos os miminhos :)

Kiss

DESESTRESSA MANO disse...

otima analise


abraços e sucesso

Shakti disse...

É algo a que não dou a mínima importância ..

bj

Anjo De Cor disse...

Gostei do teu comentário no meu blog, a resposta esta lá ;) Bj**

Salto-Alto disse...

Muito me informas! Bem, este ano está fracote fracote!

Anônimo disse...

só porque a mamalhuda não foi nomeada
Paciência! Há bem Melhores para Nomear!

LP disse...

Sinceramente, estou completamente fora desta cena...

Não é nada [mesmo] a minha onda!!!!

Beijinhos